sexta-feira, 9 de março de 2012

MARK DAMON

Ele nasceu como Alan Harris, no dia 22 de Abril de 1933, na cidade de Chicago, mas se tornou conhecido em todo o mundo como Mark Damon; Começou perambulando pela TV americana nos anos 50 e inicio dos anos 60. Participou também de produções menores e fez pequenas participações em alguns filmes. Até que foi para Itália em meados dos anos 60, fez alguns filmes por lá, até estrelar em 1966, “Dio come te amo”; Veiculo para a cantora Gigliola Cinquetti, o filme foi um sucesso enorme em todo mundo. Mas foi no nascente mercado dos westerns-spaguetti que o jovem ator achou seu nicho ideal. E ali se destacou não só como ator mas também como criador. Ele e o diretor Sergio Corbucci criaram o personagem Django, que seria encarnado por ele nas telas, mas que acabou nas mãos de Franco Nero.

Formado em literatura e negócios pela Universidade da California, ele se voltou com sucesso para a produção de filmes, fundando em 1977 a Producer Sales Organization e em 1987 a Vision International. Produziu grandes filmes, alguns deles com varias indicações para o “oscar”. Foi o caso de “O Barco-Inferno em alto mar”(1981), que obteve 6 indicações e “Monster-Desejo assassino”(2003), filme que deu o “oscar” de atriz a Charlize Theron. Mas, talvez seu maior sucesso tenha sido a fantasia “A História sem fim”(1984) que faturou 100 milhões de dólares em todo o mundo e gerou duas continuações. Com certeza,  por isso mesmo o titulo de sua já escrita autobiografia faça referencia direta a esse filme: “From Cowboy to Mogul to Monster: The Neverending Story of Film Pioneer Mark Damon”, foi escrita por ele mesmo e por Linda Schreyer.

Canhoto e com cara de bom moço tipicamente americano, ele personificou um pistoleiro mais “clean” do que os eventualmente mostrados nos “spaguetti-westerns”; Pode ser esta a razão que ele tenha se declinado de encarnar Django. Mas seus filmes estão entre os melhores do gênero e por isso ganhou fãs em todo o mundo. Veja os westerns em que participou(click no o nome do filme para ver a ficha).


1966-JOHNNY YUMA/Johnny Yuma

1967-REQUIÉM PARA MATAR/Requiscant

1968-A MORTE NÃO CONTA OS DOLÁRES/La morte non conta i dollari

1968-UM TREM PARA DURANGO/Un treno per Durango

1968-A OUTRA FACE DA CORAGEM/Tutto per tutto

1968-DEUS COMO PAI E O DIABO POR SÓCIO/¿Quién grita venganza?

1974-SLIM É O MEU NOME/Posate le pistole, reverendo

1972-OS 4 MAGNIFICOS PISTOLEIROS/Lo chiamavano Verità

1972-MATO TODOS E SALVO A MINHA PELE/Monta in sella, figlio di...!

-------------------------------------------------------------------------------------------
Esta postagem é uma homenagem as minhas irmãs, que eram fãs do Mark Damon... Talvez elas nem se lembrem disso!

3 comentários:

  1. Na revista Cinelândia, de 1960,tem um artigo escrito pelo próprio Mark Damon(de origem Judáica),dizendo o seguinte:"Que fôra criado em um dos lugares mais pobres de Chicago,que o pai que ganhava 18 dólares por semana como caixeiro de uma mercearia,preferiu se afastar do lar,e a mãe teve que lutar para criar os dois filhos(Damon e seu irmão mais moço).Na época em que os pais divorciaram,ele tinha apenas 8 anos.Que seu primeiro emprego foi auxiliar de jornaleiro.Damon,também dizia que a pobreza serviu para forjar seu caráter e enrijecer sua pessoa).Dizia também que entrou num concurso de um grande jornal de Los Angeles,que mudaria seu destino".Damon viria a participar da famosa série da Disney:"A Marca do Zorro"/Zorro, com Guy Williams.Produziu com Tony Anthony o filme:"Orquídea Selvagem".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Otimas informações Marcos. Esta matéria é uma raridade.
      Que tal escanear e enviar prá gente? Ou você mesmo publica-las em um blog? Garanto que somos muitos os interessados....
      Paulo

      Excluir
  2. Muito legal esta postagem sobre Mark Damon, ele está vivo e participando de convenções pelos EUA.
    Gostaria de ver seu comentário na entrevista com Nicoletta Machiavelli, ela está companhando as postagens pessoalmente.

    Abração e bom ano 2013 para todos os seguidores deste espaço.

    www.bangbangitaliana.blogspot.com

    ResponderExcluir